Curso de matemática básica

Curso de matemática básica

Se você tem dificuldades no aprendizado das ciências exatas, talvez seja devido a alguma deficiência na compreensão da matemática básica.

Durante os primeiros anos do ensino fundamental, estudamos basicamente a aritmética e um pouco de geometria, mas quando chegamos ao oitavo e nono ano do ensino fundamental, somos apresentados a uma terceira forma de manifestação da matemática conhecida como ÁLGEBRA. Os números dão lugar às letras e as sentenças matemática passam a descrever o caráter genérico das propriedades dos números e das formas.

Nesse ponto, são introduzidos os conceitos de equações, funções e identidades, como os produtos notáveis e as técnicas de fatoração, por exemplo. Estes conhecimentos devem, posteriormente, abrir as portas para a compreensão de diversas outras formas de linguagem matemática como a trigonometria e a geometria analítica, por exemplo.

Quando existe alguma lacuna no aprendizado da matemática dos dois últimos anos do ensino fundamental, essa lacuna pode comprometer o desempenho de qualquer estudante nos exames de seleção das mais concorridos universidades nacionais.

Durante a primeira quinzena do mês de fevereiro, será ministrado um pequeno curso de matemática básica, pré-pré-vestibular, no qual pretendo identificar e sanar, em cada aluno, quais são as deficiências que lhe prejudicam o aprendizado das ciências exatas em geral.

Veja quais serão as datas e os temas que serão abordados:

Leia Mais

FAU-USP 2015 Resolução da prova de Geometria & Funções

FAU-USP 2015 Resolução da prova de Geometria & Funções

A versão de 2015 da prova de geometria e funções retomou os princípios básicos das construções geométricas como a construção do pentágono regular e a concordância entre retas e circunferências. Também cobrou noções da teoria das proporções geométricas com a semelhança de triângulos, mas o tema que mais incidiu foi a geometria espacial em duas das quatro questões.

As questões tinham enunciados curtos e precisos. Todas com comandos diretos, sem nenhuma referência contextual com está bastante na moda desde o surgimento do Enem.

Dessa forma o aluno soube o que exigia cada questão rapidamente e pode dedicar todo o tempo de resolução ao emprego da geometria, pois ao contrário das tradicionais questões de geometria de primeira e segunda fase, as questões dessa prova são mais sofisticadas e o candidato acaba levando em torno da uma hora para resolver cada questão.

Os enunciados das quatro questões da prova foram:

Leia Mais